Artigo


Fora das noitadas

Postado: 28 de Setembro de 2017


O caso tem sido motivo de piada nas redes sociais. E não é para menos. Depois de ser gravado fazendo ameaça de morte e cobrando propina de R$ 2 milhões à JBS, o senador tucano Aécio Neves foi apenas afastado do exercício mandato e proibido de sair à noite, pela 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal.


Detalhe. Há muito tempo que o tucano já não ia ao Senado Federal. Depois do escândalo da JBS, só apareceu uma vez. O afastamento, portanto, não significa muita coisa. Apenas as noitadas é que vão fazer falta. Como dizem por aí, a decisão mais parece castigo de pai e mãe, quando o filho tira nota baixa na escola. 


Na Lava Jato, pior ainda. Citado em diversas delações e acusado de tentar obstruir a Justiça, o senador sequer foi chamado para depor pelo juiz Sérgio Moro, com quem já foi fotografado em conversa bem amigável. 


O caso Aécio Neves pode ser considerado aberrante para muita gente. E realmente é. Mas, na prática, é bem comum para a elite brasileira. Não é de hoje que o Judiciário é permissivo com o topo da pirâmide social. São muitos os exemplos de como é injusto e classista. 


Vamos aos fatos. Em abril deste ano, o catador de material reciclável Rafael Braga foi condenado em primeira instância a 11 anos e três meses de reclusão por supostamente portar 0,65 gramas de maconha, 9,3 gramas de cocaína e um rojão, em uma favela do Rio de Janeiro.


Quatro anos antes, mais precisamente em 2013, a Polícia Federal apreendia, em Minas Gerais, um helicóptero com 450 kg de pasta base de cocaína. A aeronave pertencia à empresa do deputado e amigo íntimo de Aécio Neves, Gustavo Perrella, filho do senador e ex-presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella (PTB-MG). Até hoje, ninguém foi punido e o caso caiu no esquecimento da Justiça e da grande mídia, que, diga-se de passagem, nunca deu muito destaque ao assunto. Prova de que o Judiciário e a imprensa estão à serviço dos donos do poder. E assim sempre foi, desde o Brasil Colônia.

* Rose Lima é jornalista 

Jornal

Enquete

Qual é a maior mentira do governo Temer?

Resultado

Publicações Especiais

Boletim Informativo - Em defesa da Caixa