Entrevistas

Augusto se licencia para concorrer a uma vaga na Assembleia

O presidente do SBBA, Augusto Vasconcelos, se licencia do cargo para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa.

Clique para continuar lendo

Equilíbrio dos poderes corre risco

Durante a entrevista, Fabrício de Castro Oliveira, candidato à presidência da seção baiana da OAB, ressaltou que a reforma trabalhista prejudica o tra...

Clique para continuar lendo

Falta compromisso estratégico com o ensino superior público

O reitor da UFBA, João Carlos Salles Pires da Silva, reconhece que a educação pública corre sério risco, diante da orientação ultraliberal que predomi...

Clique para continuar lendo

Garantir os direitos

Hermelino Neto fala dos desafio de assumir a presidência da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe no atual cenário político.

Clique para continuar lendo

É hora de renovar a política

Para o presidente do Sindicato, Augusto Vasconcelos, é preciso política com ideias avançadas

Clique para continuar lendo

Mais rigor no apoio a Lula

Haroldo Lima analisa o cenário político brasileiro para as eleições em 2018 e o posicionamento do PCdoB nos embates....

Clique para continuar lendo

Reeleito, Adilson reconhecetrajetória

O presidente reeleito da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) e diretor do Sindicato dos Bancários da Bahia, Adílson Araújo, reco...

Clique para continuar lendo

Uma dose de nacionalismo

O economista Luiz Carlos Bresser Pereira defende uma boa dose de nacionalismo econômico para encarar o neoliberalismo em entrevista ao jornal O Bancár...

Clique para continuar lendo

Não há democracia no Brasil

Seletividade no Judiciário, ilegalidades na Lava Jato, Congresso ligado aos patrões e entreguismo do país ao capital financeiro. É assim que vê a atua...

Clique para continuar lendo

O Brasil precisa de um novo pacto

O reitor João Carlos Salles está preocupado com o ensino público superior. Em entrevista exclusiva ao jornal O Bancário, Salles afirma que hoje a UFBA...

Clique para continuar lendo

Brasil vive subversão da ordem

O Brasil vive um período de subversão da ordem, onde o Judiciário e o Ministério Público Federal prevalecem sobre a política brasileira...

Clique para continuar lendo

A economia está no fundo do poço

Em entrevista ao jornal O Bancário, o economista e professor da Unicamp, Luiz Gonzaga Belluzzo avaliou com clareza que a economia brasileira está no f...

Clique para continuar lendo

O Brasil vive uma democracia crítica

O presidente da OAB-BA, Luiz Viana, não concorda com a opinião de muitos juristas, de que o Brasil está mergulhado em um Estado de exceção. Argumenta...

Clique para continuar lendo

PSDB é um partido golpista, da direita e absolutamente antinacional

Projetando as eleições de 2018, Bresser-Pereira diz em entrevista que acredita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o líder capaz de fazer...

Clique para continuar lendo

Emir Sader responde

O sociólogo e cientista político conversou com os jornalistas de O Bancário, Rafael Barreto e Rogaciano Medeiros, sobre o golpe em curso no país.

Clique para continuar lendo

Na Caixa, mobilização deve ser de todos

O presidente do Sindicato, Augusto Vasconcelos, faz uma análise sobre as ameaças que a Caixa sofre e a importância em se defender a manutenção do banc...

Clique para continuar lendo

O impeachment deve ser entendido dentro do contexto internacional

O cientista político e historiador Luiz Alberto de Vianna Moniz Bandeira, professor da Universidade de Heidelberg, na Alemanha, concedeu entrevista a...

Clique para continuar lendo

Cultura secundarizada

Em entrevista, o forrozeiro Adelmário Coelho afirma que a extinção do MinC por parte do governo Temer coloca a cultura em segundo plano...

Clique para continuar lendo

Por dentro da ação do anuênio do BB

Diretor do Departamento Jurídiico DO Sindicato dos Bancários da Bahia, o advogado Fábio Lédo, esclarece sobre a segunda ação sobre o anuênio do BB

Clique para continuar lendo

No Brasil, o jornalismo acabou

Na opinião de José Arbex Júnior, o jornalismo, do ponto de vista das grandes corporações, acabou no Brasil. O que existe hoje é técnica da manipulação...

Clique para continuar lendo