Fenaban oferece 8% de reajuste salarial

Postado: 11 de Out de 2013 - 06h12

Os bancários chegam nesta sexta-feira (11/10) a 23 dias de uma greve histórica, a maior dos últimos anos, com mais de 12 mil agências paradas no país. Somente na Bahia, 842 unidades estão fechadas e a adesão ao movimento é grande. 
 
Também nesta sexta-feira (11/10), mas na madrugada, depois intensos debates, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) apresentou uma nova proposta ao Comando Nacional, que prevê 8% de reajuste salarial (1,82% de aumento real).

O índice vale para o cálculo de todas as verbas salariais, inclusive o vale-alimentação (R$ 397,36). Os valores são retroativos a 1º de setembro, data-base da categoria, e os pagamentos e ajustes devem ser feitos na folha de novembro.

 
Com relação ao piso, o reajuste proposto é de 8,5%. Sobre a PLR (Participação nos Lucros e Resultados), a Fenaban mantém o reajuste de 10% no valor fixo e no teto da parcela adicional. Ou seja, a regra básica continua a mesma, 90% do salário mais R$ 1.694,00 (reajuste de 10%), limitado a R$ 9.011,76. 

A parte adicional ficaria 2% do lucro líquido distribuídos linearmente, limitado a R$ 3.388,00 (10% de reajuste). A primeira parcela deve sair em até 10 dias após a assinatura do acordo coletivo e a segunda até 3 de março.

A nova proposta também tem cláusulas sociais, como a prevenção de conflitos de ambiente de trabalho, com a redução do prazo de 60 para 45 dias para a resposta dos bancos às denúncias apresentadas pelos sindicatos, criação de um grupo de trabalho para analisar as causas de afastamentos e a concessão de um dia de ausência remunerada. A alteração na proposta acontece uma semana depois de o Comando Nacional rejeitar a segunda oferta. 

Outras Noticias

  • Ataque em Gaza deixa 1,5 mil mortos

    A ONU (Organização das Nações Unidas) divulgou, nesta quinta-feira (31/01), que 80% dos mais de 1,5 mil mortos entre os palestinos são civis, muitas, inclusive, são...

  • Descaso dos bancos faz vítimas fatais

    O desprezo pela vida humana por parte das organizações financeiras é evidente. Os ataques às agências crescem. Mas, embora haja intensa reivindicação por...

  • Investimento em segurança é escasso

    O lucro dos maiores bancos em atividade no país, foi R$ 57,7 bilhões em 2013, não sensibiliza as empresas. Mesmo o balanço positivo, apenas R$ 3,4 bilhões foram investidos em...

  • Sábado tem Encontro em Alagoinhas

    A presença do Sindicato da Bahia é forte em Salvador e no interior do Estado. Os diretores percorrem constantemente agências de diversas cidades para conhecer demandas, prestar esclarecimentos e...

  • Fenaban recebe reivindicações dia 11

    Reajuste salarial de 12,5%, PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de três salários mais R$ 6.247,00, piso de R$ 2.979,25, salário mínimo calculado pelo Dieese...

  • Mais 25 mil novos empregos em junho

    Que o período é de recessão econômica em boa parte do mundo, todos já sabem. Mas o que não é divulgado pela grande mídia conservadora do Brasil, é que o...

  • Dois jogos abrem Campeonato Society

    O campeonato de Futebol Society dos Bancários deste ano vem com novidades. Os jogos da primeira fase, que tradicionalmente aconteciam pela manhã, agora serão pela tarde na AABB, em...

  • Brasil dá ganho bilionário ao Santander

    O ex-presidente Lula estava certíssimo quando, em resposta ao terrorismo do Santander com relação à economia, afirmou que o Brasil é o país que mais dá lucro ao banco....

Enquete

Qual a principal doença que atinge os bancários?

Resultado

      Fale Conosco
    Avenida Sete de Setembro - 1001
    Mercês - Salvador/BA
    Tel: (71) 3329-2333
© www.bancariosbahia.org.br
Desenvolvidor pela