Fenaban oferece 8% de reajuste salarial

Postado: 11 de Out de 2013 - 06h12

Os bancários chegam nesta sexta-feira (11/10) a 23 dias de uma greve histórica, a maior dos últimos anos, com mais de 12 mil agências paradas no país. Somente na Bahia, 842 unidades estão fechadas e a adesão ao movimento é grande. 
 
Também nesta sexta-feira (11/10), mas na madrugada, depois intensos debates, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) apresentou uma nova proposta ao Comando Nacional, que prevê 8% de reajuste salarial (1,82% de aumento real).

O índice vale para o cálculo de todas as verbas salariais, inclusive o vale-alimentação (R$ 397,36). Os valores são retroativos a 1º de setembro, data-base da categoria, e os pagamentos e ajustes devem ser feitos na folha de novembro.

 
Com relação ao piso, o reajuste proposto é de 8,5%. Sobre a PLR (Participação nos Lucros e Resultados), a Fenaban mantém o reajuste de 10% no valor fixo e no teto da parcela adicional. Ou seja, a regra básica continua a mesma, 90% do salário mais R$ 1.694,00 (reajuste de 10%), limitado a R$ 9.011,76. 

A parte adicional ficaria 2% do lucro líquido distribuídos linearmente, limitado a R$ 3.388,00 (10% de reajuste). A primeira parcela deve sair em até 10 dias após a assinatura do acordo coletivo e a segunda até 3 de março.

A nova proposta também tem cláusulas sociais, como a prevenção de conflitos de ambiente de trabalho, com a redução do prazo de 60 para 45 dias para a resposta dos bancos às denúncias apresentadas pelos sindicatos, criação de um grupo de trabalho para analisar as causas de afastamentos e a concessão de um dia de ausência remunerada. A alteração na proposta acontece uma semana depois de o Comando Nacional rejeitar a segunda oferta. 

Outras Noticias

  • O BB volta atrás em normas abusivas

    Os funcionários do Banco do Brasil respiram aliviados. Após muita conversa e negociação com a direção da empresa, os representantes dos trabalhadores conseguiram fazer com...

  • Conferência Interestadual dias 11 e 12

    Se depender da programação, a 17ª Conferência Interestadual da Bahia e Sergipe terá boas discussões. O encontro, que acontece sábado e domingo (11/07 e 12/07), no Hotel...

  • Tarifas bancárias podem variar 447%

    Os consumidores brasileiros devem tomar cuidado para não serem extorquidos pelos bancos. A diferença dos valores cobrados em serviços e pacotes de tarifas pode variar até 447,5%, aponta...

  • Duas agências detonadas em Filadélfia

    Na madrugada desta sexta-feira (03/07), cerca de 20 suspeitos fortemente armados causaram terror na cidade de Filadélfia, a aproximadamente 355 quilômetros de Salvador.   A...

  • HSBC deve receber proposta segunda

    Na segunda-feira (06/07), os bancos interessados em adquirir a operação do HSBC no Brasil devem entregar as propostas. A estimativa é de que o valor de venda seja entre R$ 10 bilhões e R$...

  • Financeiras negam principais demandas

    Totalmente frustrante. Assim foi avaliada a reunião do financiários com a Fenacrefi (Federação Nacional de Instituições de Crédito, Financiamento e Investimentos) na...

  • Contra a redução da maioridade penal

    A nadadora pernambucana Joanna Maranhão publicou um desabafo em vídeo na sua conta do facebook em que critica a redução da maioridade penal, aprovada na Câmara dos Deputados na...

  • Homicídio é a principal causa de mortes

    A principal causa de mortes de jovens entre 16 e 17 anos, é o homicídio, aponta o Mapa da Violência 2015. Os dados, de 2013, revelam que dos 8.153 falecimentos, 3.749 foram assassinatos. A...

Enquete

Qual deve ser a principal prioridade para a campanha salarial 2015?

Resultado

Publicações Especiais

Jornal da Mulher - Fevereiro 2015
      Fale Conosco
    Avenida Sete de Setembro - 1001
    Mercês - Salvador/BA
    Tel: (71) 3329-2333
© www.bancariosbahia.org.br
Desenvolvidor pela