Vitória no Santander. Bahia sai na frente

Postado: 11 de Outubro de 2017 - 17h52

A mudança arbitrária no plano de saúde do Santander, que saiu do Bradesco Saúde para o SulAmérica, provocou profunda indignação nos funcionários. Assim que foi dada a notícia, o Sindicato dos Bancários da Bahia agiu e acaba de obter uma importante vitória.


Após muita luta e mobilização, a entidade garantiu a melhora no atendimento para os trabalhadores. Na última negociação, em julho, o Santander se comprometeu a buscar credenciamento em outras unidades de saúde. 


Agora, em Salvador, os hospitais Cardio Pulmonar, São Rafael e Evangélico atendem a partir do Master I e o Hospital Aliança a partir do Master III. O Centro Médico São Rafael está em avaliação para atender a partir do Master I e o Hospital Português está em negociação. 


À época do anúncio da alteração, o Sindicato realizou assembleia com os funcionários, que aprovaram as estratégias de atuação. A entidade realizou manifestações, paralisação nas Superintendências Regionais do banco, localizadas na Tancredo Neves, fez diversas denúncias, além da aplicação de uma consulta com os bancários.


A mudança foi considerada ruim por 93,8% dos entrevistados. Outros 6,2% acharam indiferente e ninguém achou boa. Segundo os dados, 90,1% dos beneficiados tiveram atendimento recusado em clínicas, hospitais ou laboratórios e 92,2% acharam que pode prejudicar a continuidade dos tratamentos. O Sindicato continuará vigilante até que se encerre o processo de discussão dos hospitais em negociação com a operadora. 

Outras Noticias

Jornal

Enquete

Qual é a maior mentira do governo Temer?

Resultado

Publicações Especiais

Boletim Informativo - Em defesa da Caixa