Notícia

[Em assembleia, bancários da Bahia aprovam propostas ]

Em assembleia, bancários da Bahia aprovam propostas

Postado dia: 29/08/2018 - 20:32

Em uma assembleia bastante concorrida, os bancários da base do Sindicato da Bahia aprovaram as propostas da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), Banco do Brasil, Caixa e BNB. A decisão foi tomada na noite desta quarta-feira (29/08), no Ginásio de Esporte, ladeira dos Aflitos. 


Além da manutenção da CCT – o fim da ultratividade colocou em risco os direitos garantidos nacionalmente por 26 anos da Convenção Coletiva de Trabalho –, a categoria garantiu reajuste salarial de 5% em 2018, com aumento real de 1,18%. 


O acordo bianual prevê ainda, para 2019, a reposição da inflação (INPC) mais 1% de ganho real para salários e demais verbas. Vale lembrar que em diversas mesas de negociação da campanha, os bancos sugeriram excluir direitos da CCT, com supressão ou alteração de cláusulas. Mas, o Comando Nacional dos Bancários resistiu, pressionou e mudou o jogo, com garantia de avanços. 


 

O presidente licenciado do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, lembrou que, diante da conjuntura, o acordo foi favorável aos bancários. "Garantimos a Convenção que protege 500 mil trabalhadores e é uma referência mundial, além de reajuste com aumento real nos bancos públicos e privados. Reforçou ainda que o país passa por um momento delicado na política e na economia. Portanto, a luta da categoria não está desconectada com o que acontece no Brasil. A nossa decisão foi acertada". 

 

Os bancários ainda aprovaram uma moção de repúdio contra as resoluções da CGPAR, que ameaçam a sustentabilidade dos planos de saúde das estatais.