Notícia

[Com governo Bolsonaro, Caixa boicota Nordeste]

Com governo Bolsonaro, Caixa boicota Nordeste

Postado dia: 02/08/2019 - 14:26

O Nordeste vem sendo prejudicado com a nova gestão da Caixa. A concessão de novos empréstimos para a região foi reduzida. Dos R$ 4 bilhões em autorizados para governadores e prefeitos de todo o país até julho, apenas R$ 89 milhões, ou seja, cerca de 2,2% do total, foram para os representantes nordestinos em menos de dez operações.  


O volume é bem inferior do que em anos anteriores. O Nordeste recebeu, no ano passado, R$ 1,3 bilhão. O valor representa 21,6% dos R$ 6 bilhões fechados pela instituição em operações para governos regionais. Já em 2017, foram contratados R$ 7 bilhões pela Caixa, sendo que 18,6% do total (R$ 1,3 bilhão) foram direcionados para o Nordeste.


Em nota, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que as contratações (novas concessões) apresentam "sazonalidade" e variam ano a ano, dependendo do número de pleitos recebidos e da aprovação dos ritos anteriormente relacionados. No entanto, em reportagem da grande imprensa foi apurado a existência da uma fila de pedidos de empréstimos para a região e que não obtiveram autorização do banco. 


A negação do financiamento de R$ 133 milhões para que a prefeitura de São Luís (MA) arque com obras de infraestrutura e do governo da Paraíba, de João Azevedo (PSB), no valor de R$ 188 milhões comprova. Já a prefeitura de Florianópolis, de Gean Loureiro (sem partido), foi aprovada em menos de uma semana. Foi solicitado um crédito de R$ 100 milhões para obras de infraestrutura, transporte, energia e logística. No mínimo estranho.