Notícia

[No Bonfim, Sindicato da Bahia mostra resistência]

No Bonfim, Sindicato da Bahia mostra resistência

Postado dia: 16/01/2020 - 12:58

Unindo fé e mobilização na defesa da classe trabalhadora, a presença do Sindicato dos Bancários da Bahia já é marca registrada na Lavagem do Bonfim junto ao tapete branco formado pelos fieis. Nesta quinta-feira (16/01), quando uma das festas populares mais tradicionais do Estado completa 275 anos, a entidade levantou bandeiras da luta da categoria e demais trabalhadores. 


Durante os 8 quilômetros de percurso, a defesa dos bancos públicos - BB, Caixa, BNB  e BNDES - foi um dos principais motes do Sindicato. O governo Bolsonaro realiza um verdadeiro desmonte dos estatais para privatizar e entregar de mãos beijadas à iniciativa privada. As ameaças em torno das loterias e da Caixa Seguridade comprovam.


Além disso, a caminhada foi um momento para demonstrar a resistência contra os ataques aos direitos dos empregados. Os bancários também fizeram questão de ressaltar que graças à força e mobilização dos sindicatos os efeitos da MP 905 para a categoria foram barrados. Com a assinatura do acordo aditivo, válido até 31 de dezembro de 2020, o trabalho aos sábados foi suspenso e a jornada de seis horas garantida. 


Da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia até a Colina Sagrada, sem esquecer da fé, o bloco de trabalhadores mostrou para a sociedade os prejuízos das consequências da reforma trabalhista, dos ataques aos sindicatos, da reforma da Previdência, do fim do Ministério do Trabalho e das reformas administrativas.