Constituinte

Postado: 11 de Agosto de 2017 - 09h34

A ruptura institucional provocada com o golpe jurídico-parlamentar-midiático do ano passado atirou na lata do lixo as regras do jogo. A nação necessita de um novo acordo. Ficar emendando não resolve. Depois das excepcionalidades é imperativa a repactuação. Em tudo na vida.  Cada vez mais, os acontecimentos não deixam dúvida de que a saída para a crise política e econômica passa por eleições diretas e uma nova Constituinte, com ampla participação popular. 

Jornal

Enquete

Qual é a maior mentira do governo Temer?

Resultado

Publicações Especiais

Retrato do Adoecimento no Setor Bancário