Receba

Postado: 05 de Dezembro de 2017 - 13h02

Arrogante e deslumbrado com o papel que desempenha, indiscutivelmente favorável às elites e ao golpismo, o procurador federal Deltan Dallagnol foi mexer com Renan Calheiros e seu deu mal. O senador alagoano passou na cara do xerife da força tarefa da Lava Jato o “surto de ódio, as denúncias sem provas e as generalizações perigosas”, que maculam o Estado de direito. Ficou sem resposta.

Jornal

Enquete

Qual é a maior mentira do governo Temer?

Resultado

Publicações Especiais

Retrato do Adoecimento no Setor Bancário