Cinismo

Postado: 12 de Janeiro de 2018 - 10h43

Ao declarar para a imprensa não se importar nem um pouco com o fato de muitos brasileiros lhe desejarem a morte, Temer confessa não ter o menor compromisso com o povo. Ele não está nem aí para a escandalosa impopularidade, hoje superior a 95%. Por isso tem sido o presidente ideal do mercado para impor a agenda neoliberal: privatizações, recessão, desemprego, achatamento salarial, corte de direitos, extinção de programas sociais e muita repressão.
 

 

Jornal

Enquete

Qual é a maior mentira do governo Temer?

Resultado

Publicações Especiais

Retrato do Adoecimento no Setor Bancário