Perdão

Uma antevisão do governo Bolsonaro. Depois da declaração do juiz e político Sérgio Moro

Postado: 09/11/2018 - 09:48

Uma antevisão do governo Bolsonaro. Depois da declaração do juiz e político Sérgio Moro, indicado para o Ministério da Justiça, de que Onyx Lorenzoni (DEM-RS), futuro chefe da Casa Civil, está perdoado porque pediu desculpas por ter recebido propina da JBS, o senador Roberto Requião (MDB-PR) não perdeu tempo. Entrou com projeto de lei inocentando judicialmente o agente público que, após ter cometido delito, demonstre arrependimento, confesse o crime e peça perdão publicamente.