Bolsogate

A decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, de autorizar a retomada das investigações

Postado: 04/02/2019 - 09:58

A decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, de autorizar a retomada das investigações sobre o policial Fabrício Queiroz, motorista e segurança do clã Bolsonaro, recoloca o escândalo Bolsogate na agenda política e midiática. Ex-funcionário do gabinete de Flávio Bolsonaro quando era deputado estadual no Rio, o acusado movimentou mais de R$ 7 milhões em três anos.