Artigo

Moro parcial, desmoronou

Postado dia: 05/05/2022 - 00:00

A operação Lava Jato iniciada em março de 2014, foi um esquema montado pelas elites nacionais e internacionais para golpear a democracia e consequentemente impedir o crescimento do Brasil que já era a 6ª economia mundial, onde as condições de vida da população vinha melhorando, inclusive com a retirada do país do mapa da fome. Sua estratégia culminou com o golpe de 2016 com o impeachment de Dilma, a prisão de Lula e a eleição de Bolsonaro em 2018.


A espetacularização das ações da Lava Jato, articulada com a grande imprensa e alimentada pelas fake News se constituiu em um grande golpe contra a democracia e um retrocesso contra os direitos sociais, retornando o Brasil ao mapa da fome, aumentando o desemprego, contribuindo para desacreditar as instituições, criar um clima de ódio, e em nome de combate a corrupção, alimentou a engrenagem corrupta do país, inclusive na lava jato.


Todos nós devemos combater a corrupção, mas não foi isso que aconteceu com a lava jato, ela foi montada para derrubar a presidenta Dilma, prender Lula impedindo que ele concorresse as eleições de 2018, onde era líder de todas as pesquisas de opinião. A decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU, em 28/04/22, onde concluiu que o ex juiz Sergio Moro foi parcial no julgamento de ex presidente Lula, deixa claro a ilegitimidade do governo Bolsonaro. 


O Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, já ratificado por 173 países, inclusive o Brasil foi violado nos artigos que tratam do direito à liberdade, da proteção da privacidade, do julgamento justo perante um tribunal imparcial e independente, da presunção de inocência, da garantia dos direitos políticos.  A decisão da ONU prevê também que quaisquer outros procedimentos criminais contra Lula cumpram com as garantias do devido processo legal de modo a prevenir violações semelhantes no futuro. 


O ex juiz Moro, que foi ministro de Bolsonaro após prender Lula e impedir que ele fosse candidato, se achava um herói e almejava a presidência da república, hoje se encontra desmoralizado, no ostracismo, se desmoronou e Lula o virtual presidente da republica conforme apontam todas as pesquisas.


*Álvaro Gomes é diretor do Sindicato dos Bancários da Bahia e presidente do IAPAZ