Notícia

[Assédio sexual dispara no governo Bolsonaro]

Assédio sexual dispara no governo Bolsonaro

Postado dia: 05/07/2022 - 14:55

No Brasil, as mulheres sofrem muito mais desde que Jair Bolsonaro assumiu a presidência. As denúncias de assédio sexual durante o atual governo dispararam 65,1% em 2021, com um número recorde de 251 denúncias. É o que aponta o CGU (Controladoria-Geral da União).

 

Os dados de prática de assédio sexual mostram que neste ano a situação piorou. Houve, em média, um caso por dia. O dobro do ano anterior. Somente no primeiro semestre, foram registrados 214 casos. Em 2019, foram 155 ocorrências.

 

Mas, neste número não aparecem os dados de estatais, como o da Caixa - das denúncias de assédio sexual cometido pelo ex-presidente do banco, Pedro Guimarães - ou da Petrobras. Isso porque os nomes envolvidos no caso são preservados sob sigilo para proteger as vítimas.  A alta de casos durante o atual governo era de se esperar já que Bolsonaro é velho conhecido por fazer declarações machistas e misóginas.