Notícia

[Mercantil vai adotar medidas contra o coronavírus]

Mercantil vai adotar medidas contra o coronavírus

Postado dia: 20/03/2020 - 11:48

Mais um banco anunciou medidas para combater a pandemia de coronavírus. O Mercantil do Brasil se posicionou após intensa cobrança do movimento sindical, principalmente porque os funcionários estavam apreensivos. Um comunicado interno será divulgado para todos os bancários.


Aposentados e pensionistas do INSS são o público alvo da empresa e alguns deles compõem o grupo de risco do COVID-19. Os trabalhadores querem que o Mercantil adote o quanto antes as medidas que já estão sendo aplicadas em outros bancos.


As ações preventivas são trabalho, prioritariamente, em isolamento domiciliar para gestantes, funcionários acima de 60 anos, portadores de doenças crônicas, como diabetes, cardíacos, hipertensos, asmáticos e portadores de outras doenças pulmonares, além de pessoas com câncer.


Quem não puder executar o serviço em home office deste grupo de risco deve ser liberado para ficar em casa à disposição do banco. O movimento sindical também reivindicou a dispensa dos menores aprendizes e estagiários.


A preocupação é ainda maior, pois o fluxo nas agências aumenta nos primeiros dias úteis de cada mês para saque e acesso aos benefícios previdenciários. Com isto, pode aumentar o risco de contaminação da doença para os bancários e clientes.


Como a sede do Mercantil é em Belo Horizonte, o Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte e Região entrou em contato com a Fetragi-MG (Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro de Minas Gerais). O Sindicato da Bahia também tem cobrado providências do banco, que possui uma unidade em Salvador.


Apesar das medidas, o Mercantil também precisa de uma comunicação mais afirmativa com as agências, departamentos e Matriz, onde o fluxo de pessoas é maior. Tudo tem de ser feito para evitar a propagação do vírus e garantir a saúde de todos.