COLUNA SAQUE

Postado: 09/06/2021 - 17:41

OUTRO CRIME

O caso do falso relatório do TCU sobre supernotificação de mortes por Covid, que Bolsonaro espalhou e fez proselitismo político, é mais uma fake news criminosa, que atinge a nação e a República. Inaceitável. O presidente mentir, descaradamente, usando uma instituição, para tirar proveitos eleitorais. Mais um ato antidemocrático bolsonarista. E a PGR omissa.

 

TERRA REDONDA

Muita burrice. É confiar demais na impunidade. Óbvio que o texto, não um relatório, produzido por conta própria do auditor Alexandre Marques, bolsonarista conhecido, seria logo desmascarado, pelo conteúdo explosivo, de supernotificação nas mortes por Covid, quando a ciência aponta justamente o contrário. A sociedade não é imbecil, não crê em terra plana.

 

VALE TUDO

Além de causar indignação, o falso relatório do TCU, usado por Bolsonaro para atacar a CPI da Covid, governadores, prefeitos, a oposição e a mídia, deixa claro que a extrema direita está desesperada. Sente o consenso nacional que se forma para derrotá-la nas urnas. Por isso mesmo vai apelar a qualquer artifício, por mais inescrupuloso e perigoso que seja, para salvar a reeleição.

 

É INADIÁVEL

Em entrevista, o ex-ministro José Dirceu toca em uma questão delicada que, no caso de a resistência democrática vencer o neofascismo bolsonarista nas urnas, na eleição do próximo ano, precisa encarar sem medo. Urgentemente. É a redefinição do papel das Forças Armadas, inclusive com a extinção do artigo 142 da Constituição. Tema vital para a consolidação da democracia.

 

EM IMPEDIMENTO

A judicialização da política é sempre ruim para a democracia, mas com um governo tão estúpido e insano, não há outra opção. Em sessão extraordinária, o pleno do STF julga nesta quinta-feira o pedido de suspensão da Copa América, prevista para começar domingo. O ideal seria o veto, mas a tendência é a liberação, com restrições e protocolos rígidos. Gol contra.