COLUNA SAQUE

Postado: 19/11/2021 - 11:30

SILÊNCIO
Sábado completa um mês que os senadores entregaram o relatório da CPI da Covid à PGR e até agora o procurador Augusto Aras permanece em silêncio. Nem fala sobre o assunto. O texto é contundente contra Bolsonaro, ministros, parlamentares, empresários e religiosos. Será que está trancado na gaveta? O Brasil tem o direito de saber as providências adotadas. Vai continuar calado?


 
ANTAGÔNICOS
É muito improvável que o 2º turno da eleição presidencial seja entre duas candidaturas do mesmo campo político, tipo direita e extrema direita, esquerda e centro-esquerda. A tendência é uma disputa com candidatos antagônicos. E tem tudo para ser Lula e Bolsonaro. Quem quiser se chegar, tem de destronar um dos dois. É só ver as pesquisas.


 
ANTIPATIZADO
Ojerizado pelo eleitorado de perfil progressista e rejeitado até por frações da direita, as chances de a candidatura Moro decolar são bem remotas, apesar do apoio da Globo, Veja, Folha, isto é, da mídia golpista. Para piorar, corre na raia de Bolsonaro, que leva grande vantagem por já ser presidente e controlar a máquina. Dificilmente deixará de ir ao 2º turno com Lula.


 
ABRAÇADINHOS
Setores influentes do PSDB defendem abrir mão de candidatura própria para ser vice na chapa de Moro, que se lançou presidenciável pelo Podemos. Se concretizado, tem tudo para os dois morrerem abraçados. Os tucanos encolheram muito nos últimos anos e uma aliança com o ex-juiz de Curitiba pode reduzir ainda mais o alcance eleitoral do partido.


 
ESTADISTA
Haddad tem toda razão ao afirmar que “Lula conversou com mais líderes mundiais em três dias do que Bolsonaro em três anos”. O ex-presidente fez conferência no Parlamento Europeu, em Bruxelas, Bélgica, e foi recebido como estadista pelo presidente francês Frédéric Macron, pelo 1º ministro espanhol Pedro Sanchez e pelo futuro chanceler alemão Olaf Scholz.