COLUNA SAQUE

Postado: 23/11/2021 - 15:52

PIRAM

Os bolsonaristas piram. Após o sucesso da viagem pela Europa, onde encontrou chefes de Estado e lideranças progressistas, o ex-presidente Lula pode dar um giro pelos Estados Unidos no início do ano que vem, inclusive com a possibilidade de encontrar o ex-presidente Barack Obama. A informação é de que os democratas ficaram impressionados com os discursos de Lula contra o fascismo e as forças ultraconservadoras.

 

GOLPE

Tem cheiro de golpe no ar. As Forças Armadas recusaram o convite do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para participar do Teste Público de Segurança das urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições de 2022. Pelos bastidores circula a notícia de que se participassem do teste, os militares dariam credibilidade ao sistema de voto eletrônico, o que derrubaria a defesa do voto impresso, tanto defendido por Bolsonaro. Também não poderiam questionar o resultado do pleito.

 

PIZZA

O procurador-geral da República, Augusto Aras, parece mesmo que vendeu a alma. Pelo andar da carruagem, se depender dele, a CPI da Covid-19 vai terminar em pizza. Aprovado em 26 de outubro, há quase 1 mês, o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito indicia 78 pessoas e duas empresas. Entre elas, o presidente Jair Bolsonaro, acusado de cometer 9 crimes ao longo da pandemia. Como a fidelidade de Aras parece ultrapassar a Justiça,  a Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou um convite para que o procurador-geral explique as providências que está tomando.

 

PERPLEXIDADE

Quase todo ano é a mesma coisa. Os bancos aproveitam o Natal para demitir em massa. Os fantásticos lucros do setor não impedem os absurdos. No Itaú, dezenas de trabalhadores estão sendo desligados. Nem quem retorna de licença médica escapa. A atitude deixa todos perplexos, inclusive a sociedade. Mas esse é o retrato fiel do ultraliberalismo imposto pelas elites ultraconservadoras brasileiras e que, no frigir dos ovos, ditam as regras do governo Bolsonaro.

 

CERTÍSSIMA

Da jornalista Hildegard Angel sobre o levantamento que indica o declínio da democracia brasileira, que ocupa o último lugar entre 165 nações: "imagino a aflição dos analistas da grande mídia, ao comentar relatório que aponta declínio da Democracia brasileira. Aflição porque eles e seus veículos têm participação direta nisso, bem como de instituições e políticos, que aderiram a isso e se venderam". Errada não está.