Salvador luta contra reforma da Previdência

Postado: 05 de Dezembro de 2017 - 17h55

A reforma da Previdência é a cereja do bolo que falta para completar o plano neoliberal do governo golpista de Temer, com o intuito de prejudicar os brasileiros. Caso se concretize, a tão sonhada aposentadoria dos trabalhadores, que exerceram funções durante toda a vida, poderá não acontecer.

Contra as movimentações sombrias do governo, que agora parte para chantagem para aprovar a medida, todo o Brasil está mobilizado nesta terça-feira (05/12). Chegou o momento de tomar as ruas para que a proposta não seja aprovada pela Câmara Federal. 

Em Salvador, no Campo Grande, a manifestação reuniu centenas de pessoas. Muitas crianças, idosos, jovens, adultos lutavam por melhorias e contra a reforma temerária. Os mais velhos buscam assegurar os direitos garantidos por lei, para o futuro dos netos e filhos. 

O Sindicato dos Bancários da Bahia participou. A reforma da Previdência prejudica ainda mais a categoria, que já sofre com o sucateamento e a entrega dos bancos públicos para a iniciativa privada que apoiou o golpe. 

O protesto foi convocado pela centrais sindicais. Para Aurino Pedreira, diretor nacional da CTB, "a mobilização é para garantir o direito de aposentadoria da classe trabalhadora e contra a privatização da Previdência. Precisamos reagir, inclusive com uma greve geral, para que essa reforma não seja aprovada". 

Outras Noticias

Jornal

Enquete

Qual é a maior mentira do governo Temer?

Resultado

Publicações Especiais

Retrato do Adoecimento no Setor Bancário