Notícia

[Bradesco cobra e não se preocupa com bancários]

Bradesco cobra e não se preocupa com bancários

Postado dia: 26/03/2020 - 10:08

Além da pandemia de coronavírus, os funcionários do Bradesco têm sofrido com a falta de respostas da diretoria do banco sobre as demandas dos trabalhadores. Até a semana passada, era possível dialogar e até mesmo encaminhar algumas cobranças. Agora, o banco já não responde.


O Sindicato dos Bancários da Bahia tem recebido denúncias que em algumas agências do Estado os empregados atendem clientes de forma presencial, expostos à contaminação. Para piorar, trabalham em meio a obras nas unidades com poeira e cheiro de cola. Há relatos de pessoas trabalhando gripadas e clientes que relataram ter parentes com coronavírus sendo atendidos presencialmente em agência. 


O assédio moral também virou rotina. Um dos maiores bancos privados do país proibiu as férias dos bancários e tem realizado audioconferências para cobrar desempenho dos trabalhadores. 


As atitudes comprovam que o Bradesco desconhece a gravidade da situação ou realmente não se importa em colocar a vida dos funcionários em risco. Negligencia cuidados necessários, reconhecidos mundialmente no combate ao coronavírus e que podem salvar vidas.