Notícia

[Mais de 60% das empresas têm impacto negativo]

Mais de 60% das empresas têm impacto negativo

Postado dia: 31/07/2020 - 14:19

Das 2,8 milhões de empresas em funcionamento em junho no país, 62,4% tiveram impacto negativo, em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus e da falta de apoio do governo Bolsonaro, que trata com total descaso a grave crise que o Brasil atravessa. 


As pequenas empresas são maioria (98%) entre as que ficaram no vermelho, revela pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Entre as empresas com 50 a 499 funcionários, 46,3% reportaram efeito negativo. Já as que possuem 500 ou mais empregados, foram 50,5%. 


Segundo o IBGE, 22,5% sentiram efeito pequeno ou inexistente, enquanto 15,1% apontaram resultado positivo. Sobre regiões, 72% das empresas do Nordeste foram atingidas, 65% no Sudeste e 63% no Centro-Oeste. Já o Sul e o Norte se concentram o maior número de empresas que tiveram efeitos inexistentes ou positivos. 


A pesquisa revela ainda que 411 mil empresas demitiram em junho. Desse montante, 62% reduziram o quadro de funcionários em até 25% e cerca de 52,9% tiveram dificuldade para fazer pagamentos de rotina.