Notícia

[Fechamento de agências prejudica a população]

Fechamento de agências prejudica a população

Postado dia: 04/05/2021 - 11:05

Os bancos em atividade no Brasil não têm responsabilidade social com a nação. Em busca de mais lucro, fecham agências e deixam milhões de brasileiros desassistidos, principalmente no interior. Na Bahia, 24 unidades tiveram as atividades encerradas no primeiro trimestre deste ano, média de oito por mês. Em 2020 foram 54.  


Os postos de atendimento também estão caindo. Em março do ano passado eram 982 e em março de 2021 diminuiu para 911, redução de 7,2% em apenas um ano, segundo dados do Banco Central. 


O BB é o que mais encolhe, resultado do desmonte promovido pelo governo Bolsonaro. Neste ano, 15 unidades da instituição financeira foram fechadas na Bahia. E não vai parar por aí. Aramari vai perder no próximo dia 17 a única agência do banco. 


Além dos prejuízos para os clientes, que terão de se deslocar para outros municípios para fazer transações, o fechamento causa sérios danos ao comércio local. "Banco do Brasil e Caixa, em especial, enfrentam um processo de redução e isso tem impacto brutal no total de empregos e na economia dos municípios", alerta o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia. Augusto Vasconcelos chama atenção ainda para o oligopólio do sistema financeiro. "Hoje, cinco bancos detêm 85% dos ativos do sistema financeiro", conclui.