Notícia

[Proposta do Saúde Caixa mantém solidariedade ]

Proposta do Saúde Caixa mantém solidariedade 

Postado dia: 14/10/2021 - 09:56

O Saúde Caixa tem de continuar solidário. O movimento sindical apresentou oficialmente à Caixa a proposta para a sustentabilidade do plano de saúde, nesta quarta-feira (13/10). Agora, a minuta deve ser aprovada pelos bancários em assembleias a serem marcadas em breve.  


A proposta, elaborada com base nas informações da administração da assistência médica e estudos, mantém a proporção 70/30, sendo 70% de contribuição do banco e 30% dos empregados. Também preserva a contribuição de 0,4% por dependente, limitada a 0,8%.  


Para o reajuste pesar o mínimo possível para todos os trabalhadores, a proposta prevê o pagamento de uma mensalidade nos mesmos valores e composição atuais de 3,5%, sobre o 13º salário de cada participante. O limite por ano de coparticipação dos empregados, que hoje está em R$ 2.400,00 vai passar para R$ 3.600,00 a partir de janeiro. 

 

A proposta ainda sugere a utilização do fundo de reserva do Saúde Caixa, acumulado em período de superávit, de mais de R$ 400 milhões. Vale lembrar que sem a aprovação a direção da Caixa pode tornar a assistência médica inviável para os participantes, ao seguir moldes dos planos privados, com cobrança por idade, número de dependentes e faixas salariais.