• Bancos
  • Financeiras e terceirizadas

Pontapé nas negociações dos financiários 

Entre os assuntos tratados no primeiro encontro, que aconteceu nesta quarta-feira (29/05), o reajuste dos salários e demais verbas econômicas pela inflação do período, mais 5% de aumento real.

Por Ana Beatriz Leal

Foi dada a largada no processo negocial entre a representação dos financiários e a Acrefi (Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento). Entre os assuntos tratados no primeiro encontro, que aconteceu nesta quarta-feira (29/05), o reajuste dos salários e demais verbas econômicas pela inflação do período, mais 5% de aumento real.
 

A pauta de reivindicações da categoria foi aprovada em abril e entregue no dia 9 de maio. As duas partes também estabeleceram as prioridades a serem discutidas na mesa. Os trabalhadores reforçaram a necessidade de respeito à diversidade, avanços na questão da inclusão, da igualdade de oportunidades e do combate ao adoecimento da categoria.

Os representantes dos financiários aguardam agora o estabelecimento do calendário de negociações e enfatizaram a importância de uma campanha objetiva e da ultratividade, que é a garantia de todos os direitos até a renovação da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho).

Últimas notícias

Financiários vão negociar nesta sexta-feira 

Financeiras e terceirizadas

Financiários definem calendário de negociações

Financeiras e terceirizadas

Pauta dos financiários entregue à Acrefi

Financeiras e terceirizadas

Financiários aprovam minuta de reivindicações

Financeiras e terceirizadas