Notícia

[América Latina sente mais os efeitos da pandemia]

América Latina sente mais os efeitos da pandemia

Postado dia: 09/06/2021 - 16:07

A América Latina sente mais os efeitos econômicos da pandemia do coronavírus. Os dados comprovam. Enquanto o PIB (Produto Interno Bruto) mundial caiu 3% em 2020, na região, a queda foi de 7%, o pior resultado registrado pelo FMI (Fundo Monetário Internacional).


O terrível desempenho no combate à crise sanitária está entre os principais fatores para números tão desastrosos na economia. No Brasil, por exemplo, o descaso do governo Bolsonaro, a insistência em negar a pandemia e usar medicamentos sem eficácia para o tratamento da Covid-19 fizeram os casos da doença dispararem. O número de mortes também.


Hoje, com a pandemia ainda descontrolada por falta de vacinas para imunizar a população o mais rápido possível, o país representa um risco ao mundo. Os óbitos chegaram a passar dos 4 mil por dia. Sem uma política que incentive o uso de máscaras e mantenha o isolamento social, a pandemia parece estar longe de acabar e a economia sente os reflexos.