Notícia

[Fome e desemprego disparam no Brasil. Triste quadro]

Fome e desemprego disparam no Brasil. Triste quadro

Postado dia: 27/05/2021 - 11:40

O Brasil está na UTI e é difícil de acreditar na recuperação diante do quadro tenebroso. A irresponsabilidade do governo Bolsonaro no combate a pandemia do coronavírus, não só colocou o país em segundo lugar no mundo em número de mortos por Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, como ajudou a deteriorar ainda mais o mercado de trabalho.


A nação tem mais de 450 mil mortos pela Covid-19, a imensa maioria ocorrida neste ano, quando já havia vacina disponível para evitar a tragédia. Recorde também de desemprego. Quase 15 milhões de pessoas estavam na fila por trabalho no primeiro trimestre de 2021, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgados nesta quinta-feira (27/05).


É a maior taxa de desocupados de todos os trimestres da série histórica, iniciada em 2012. O crescimento foi de 6,3% na comparação com o quarto trimestre de 2020. Em números, são mais de 880 mil pessoas à procura de trabalho. Em um ano, quase 2 milhões (1,956 milhão) entraram para as estatística do desemprego.


Não é só isso. Mais de 20 milhões de brasileiros não têm nada para comer. Número que colocou o Brasil de volta ao Mapa da Fome da ONU (Organização das Nações Unidas). Outros 117 milhões estão em insegurança alimentar e não sabem se terão comida na mesa nos próximos dias. Viver diante dessa realidade é cansativo. Falta ar ao país, que agoniza, literalmente.