Notícia

[Caixa quer empregados de fora do grupo de risco]

Caixa quer empregados de fora do grupo de risco

Postado dia: 22/05/2020 - 10:26

No novo protocolo, anunciado pela Caixa no início da semana, induz o empregado a assinalar a informação de que “NÃO” pertence ao grupo de risco na declaração de Saúde – Covid-19. A orientação do movimento sindical é que o trabalhador não selecione esta opção inserida no documento.


Parece que o esforço dos empregados no trabalho diário na linha de frete nas agências nunca é suficiente. Ao empurrar a responsabilidade para os bancários, a Caixa mostra que não está preocupada com a saúde dos funcionários. 


Após tantas vitórias das entidades sindicais desde o início da pandemia causada pelo coronavírus, a Caixa quer retroceder querendo que o empregado preencha uma declaração informando que não é do grupo de risco. Atitude irresponsável e absurda por parte do banco.


Desmonte 
O único banco 100% público do Brasil lucrou R$ 3,05 bilhões no primeiro trimestre de 2020, mas fechou 713 postos de trabalho em relação ao mesmo período de 2019. 


Como política de desmonte do governo Bolsonaro, em um ano a Caixa encerrou as atividades de três agências, 29 Postos de Atendimentos, 44 lotéricas e 75 Correspondentes Caixa Aqui. As medidas enfraquecem a instituição financeira, fundamental para o desenvolvimento econômico e social do país.