Notícia

[Exames de rotina ajudam a prevenir câncer de mama]

Exames de rotina ajudam a prevenir câncer de mama

Postado dia: 09/10/2020 - 14:41

Por mais que possa assustar, é necessário falar e prevenir o câncer de mama. No Outubro Rosa, diversas campanhas servem para alertar a população sobre a necessidade da realização dos exames periódicos para a detecção precoce da doença e do acompanhamento de qualquer alteração na região das mamas (seios e axilas).


Com os avanços vistos na última década, a taxa de cura tem sido superior a 90% dos casos. A tecnologia de diagnóstico precoce tem sido fundamental, mas também é necessário estar com os exames de rotina em dias para evitar qualquer complicação, já que quando iniciado o tratamento nos estágios iniciais da doença, os pacientes têm maiores chances de cura.


Muito se fala do autoexame, porém ele, sozinho, não é capaz de detectar lesões pré-malignas ou tumores muito pequenos. Contudo, a prática não deve ser descartada. O exame realizado pelas mulheres, em casa, ao tocar os seios têm a importância para autoconhecimento corporal. O médico deve ser consultado a qualquer sinal de mudança, como nódulos palpáveis, secreção pelo mamilo, alteração na pele, inversão do mamilo, abaulamento ou assimetrias nas mama.


A mamografia é o exame de imagem mais importante para o diagnóstico de câncer de mama, por ser capaz de detectar nódulos em fase inicial, impossível de serem apalpados. É indolor e cada mama é comprimida entre placas de acrílico para que seja examinada por raio-x. Segundo a SBM (Sociedade Brasileira de Mastologia) e a SBOC (Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica), todas as mulheres com mais de 40 anos devem fazer a mamografia anualmente.