Notícia

[Luta por contratação de empregados na Caixa ]

Luta por contratação de empregados na Caixa 

Postado dia: 20/11/2020 - 12:50


Está cada vez mais complicado ser atendido na Caixa sem ter que enfrentar longas filas e passar horas na agência para resolver qualquer pendência. Consequência do desmonte iniciado no governo Temer e reforçado por Bolsonaro, que resultou em um déficit de mais de 17 mil empregados. Situação que deve piorar com o novo PDV aberto pelo banco.


O Programa de Desligamento Voluntário, cuja adesão acaba nesta sexta-feira (20/11), pode retirar 7,2 mil trabalhadores do quadro da empresa. As entidades representativas enviaram ofício à direção da Caixa reivindicando o processo de contratação com urgência.

 

Reforçaram que os empregados estão com alto nível de carga de trabalho, em condições precárias nas unidades e submetidos à pressão para obter resultados através de metas abusivas, imposta pela atual gestão da instituição financeira. 


A contratação deve ser imediata para melhorar as condições de trabalho nos locais de trabalho e prestar melhor atendimento à população. O Sindicato dos Bancários da Bahia está na luta pela convocação de aprovados no concurso público de 2014 para que seja retomada a recomposição do quadro, proporcionando um atendimento mais adequado ao tamanho da demanda do banco 100% público.

 

Enquanto os aprovados não são convocados, os empregados adoecem, sobrecarregados com jornadas exaustivas de atendimento e reforçada pelas metas. Durante a pandemia, por conta do pagamento do auxílio emergencial, o problema ficou ainda mais evidente. A Caixa precisa repor, pelo menos, a quantidade que cubra o déficit de 17 mil trabalhadores.