COLUNA SAQUE

Postado: 16/05/2022 - 09:30

PRECAUÇÃO
O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) diz que nenhum setor da sociedade vai apoiar a “canoa furada” golpista de Bolsonaro. Tomara que ele esteja certo. A extrema direita é estúpida, violenta e não tem limite. Golpe militar é difícil, mas há outros meios extralegais, como foram o impeachment de 2016 e a prisão de Lula em 2018. Atenção máxima pela democracia.

 

CONFISSÃO
Mais uma prova de que o apoio ao golpe de 2016 foi doloso. Em editorial publicado no domingo, em defesa das urnas eletrônicas, a Folha afirma: “Os terminais digitais captaram tanto a ascensão do PT nos anos 2000 quanto a onda direitista e antipolítica de 2018”. Traduzindo, o jornal ajudou a eleger Bolsonaro mesmo sabendo se tratar de um neofascista, antipovo.

 

TENDÊNCIAS
Com a experiência de quem dirige, há muitos anos, o Instituto Vox Populi, o sociólogo Marcos Coimbra diz que “nunca um candidato com a frente que Lula tem deixou de ganhar a eleição”. Ele admite a possibilidade de ser no 1º turno e destaca que o ineditismo de uma vitória em São Paulo faz muita diferença. Também prevê migração no eleitorado de Ciro.

 

LÓGICO
“Não é muito importante o que o Ciro vai fazer, se ele vai ou não continuar. O que mais importa é o que o eleitor do Ciro vai fazer, e isso o Ciro não tem condições de controlar”. Do jornalista Mario Vitor Santos sobre o principal candidato da 3ª via. Os ciristas que não suportam Bolsonaro vão votar em Lula para evitar o 2º turno. Análise coerente.

 

DURÍSSIMO
Uma pancada forte do jurista e filósofo Alysson Mascaro.  Em entrevista ao Ópera Mundi, disse que a esquerda brasileira é “majoritariamente liberal, reformista, pacifista, capturada pelo republicanismo e funciona como um disco quebrado, disputando apenas dentro do capitalismo, sem romper com ele”. Um bom tema para a atualidade, marcada por ameaças golpistas.