Notícia

[Síndrome de Burnout é doença do trabalho, diz OMS]

Síndrome de Burnout é doença do trabalho, diz OMS

Postado dia: 04/01/2022 - 12:03

Decorrente de um ambiente estressante e cada vez mais frequente entre os trabalhadores, a Síndrome de Burnout agora está na classificação de doença do trabalho da OMS (Organização Mundial de Saúde). 


Desde o dia 1º de janeiro, o transtorno passou a ser descrito como “estresse crônico de trabalho que não foi administrado com sucesso”. Por conta do estresse e da pressão diária, os bancários são cada vez mais acometidos pelo distúrbio emocional. A sobrecarga de trabalho causa muitos danos à saúde, como exaustão, dor de cabeça constante e mudanças no apetite, irritabilidade.


A política opressora e de exploração em nome do lucro motiva o aumento dos casos de Síndrome de Burnout na categoria. Ao invés de priorizar a saúde mental e as práticas de boa convivência entre os funcionários, as organizações financeiras só querem encher os cofres às custas do esgotamento físico e mental.


Pesquisa 
Com o intuito de aperfeiçoar a compreensão dos fatores associados à Síndrome de Burnout, uma pesquisa está sendo feita com bancários de todo o país. Para responder ao questionário "Conflitos de valores, alterações de identidade e desgaste emocional", feito pela Universidade Católica de Petrópolis (RJ), basta acessar o link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScu9Ne30yG_06WfcgfxkAOflX_tE5cvojrBRwg1yPj8uUCd1g/viewform. As informações são sigilosas.