Notícia

[Conferência Bahia e Sergipe começa sexta-feira]

Conferência Bahia e Sergipe começa sexta-feira

Postado dia: 11/05/2022 - 15:22

A retomada dos debates presenciais dos bancários da Bahia e Sergipe para a construção da campanha salarial 2022 é nesta sexta-feira (13/05), às 17h30, com o ato político de abertura da 24ª Conferência, no Hotel Portobello, em Salvador. O credenciamento começa um pouco antes, às 16h.


Diferentemente dos outros anos, em 2022, os debates acontecem em dois dias. No sábado (14/05), a partir de 9h, o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia, Davidson Magalhães, vai falar sobre conjuntura. Às 10h, será a vez da Economista e Supervisora Técnica do Dieese Bahia, Ana Georgina Dias, expor o cenário econômico do país e apresentar o balanço dos bancos.


As discussões sobre Campanha Nacional dos Bancários ficam por conta do presidente da Federação da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto, às 11h20, com a intervenção da presidenta do Sindicato de Sergipe, Ivânia Pereira.


Às 11h50, o resultado da consulta nacional da campanha salarial com a categoria da base do Sindicato dos Bancários da Bahia, será apresentado pelo assessor econômico do SBBA, Vinicius Lins. O presidente da entidade, Augusto Vasconcelos, também participa dos debates. 


Em seguida, acontece o encerramento da plenária geral da Conferência da Bahia e Sergipe. Após o almoço, a partir das 14h30, os empregados do Banco do Brasil e da Caixa dos dois estados se reúnem separadamente para discutir as demandas específicas de cada empresa para serem levadas para os encontros nacionais, em junho.


Online
A 24ª Conferência dos Bancários da Bahia será totalmente presencial, mas os debates serão transmitidos pelo canal do Youtube da Federação, caso os funcionários não consigam comparecer. Os empregados podem enviar perguntas para os palestrantes ou fazer comentários sobre os temas através do Whatsaap, pelo telefone (71) 99260-3341.


Além disso, a categoria deve enviar até 14h desta quinta-feira (12/05) propostas para pauta de reivindicações e a CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), pelos e-mails [email protected] e [email protected]