Notícia

[ BB precisa inibir metas e assédio moral nas CRBBs]

BB precisa inibir metas e assédio moral nas CRBBs

Postado dia: 13/05/2022 - 09:45

Em reunião com o BB, a CEBB (Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil) discutiu sobre as denúncias de assédio moral e cobrança excessiva de metas nas CRBBs (Centrais de Relacionamento do Banco do Brasil), nesta quinta-feira (12/05).  As diretorias executivas de Varejo e a de Pessoas informaram que a orientação para os gestores é dar melhor atenção às reivindicações dos trabalhadores, mas ainda não se comprometeram com uma solução definitiva.


Segundo o BB, o problema pode não ser as metas abusivas e, sim, a forma em que são cobradas. É evidente que o movimento sindical é contra o entendimento da empresa. Ainda mais que o dimensionamento das exigências e a disponibilidade de recursos humanos e de condições de trabalho e renda são inadequados. 

 

A CEBB quer o banco proteja a saúde dos funcionários, com boas condições de trabalho, além de cobrar o preenchimento das vagas com novos concursados ou com outros trabalhadores que queiram trabalhar nas Centrais.


Os bancários estão no limite da saúde física e mental diante do assédio moral nas CRBB’s. O funcionalismo está indignado por conta do descaso do Banco do Brasil. Os representantes dos trabalhadores aguardam posicionamento mais duro da direção do BB para coibir as atitudess.