COLUNA SAQUE

Postado: 22/09/2022 - 10:02

EMBALADO
Na frente de Bolsonaro nos maiores colégios eleitorais, São Paulo (1º) e Minas Gerais (2º), conforme o Ipec, com empate no Rio (3º), se mantiver o bom desempenho por mais uma semana Lula tem tudo para ganhar no 1º turno. Afinal, detém ampla vantagem na Bahia (4º) e em todo Nordeste, que possui 27% do eleitorado. Situação que soma muito na reta final. 

 

OFENSAS
Continua a repercutir, muito negativamente em todo mundo, o desastrado discurso de Bolsonaro na ONU, onde secundarizou grandes problemas mundiais, como a guerra na Ucrânia e o meio ambiente, para priorizar questões domésticas brasileiras com tom meramente eleitoreiro. Repetiu os absurdos cometidos no funeral da rainha. Ofensas em Londres e Nova Iorque.

 

LEGALIDADE
"A utilização das imagens na propaganda eleitoral seria tendente a ferir a isonomia, pois faria com que a atuação do Chefe de Estado, em ocasião inacessível a qualquer dos demais competidores, fosse explorada para projetar a imagem do candidato". Do ministro Benedito Gonçalves, do TSE, que vetou o uso eleitoral do discurso de Bolsonaro na ONU.

 

RETRATAÇÃO

É assim que se combate o neofascismo bolsonarista, com o rigor da lei. Como acontece agora com a empresária do agronegócio no Oeste da Bahia, Roseli D´Agostini, que defendeu na Internet a demissão dos trabalhadores que votassem em Lula e teve de negociar com o MP retratação pública, em nível nacional. Deveria também pagar multa pesada por assédio eleitoral.

 

INEXORÁVEL
A História não perdoa e sempre pune, exemplarmente, os déspotas, genocidas, violadores das liberdades e da justiça, assim como os covardes que se omitem e/ou capitulam perante a opressão e a tirania. Pois bem, Bolsonaro tem tudo para acabar na prisão, Moro e Dallagnol amargam a desmoralização pública, enquanto Ciro caminha célere para o ostracismo.